Flávio Bolsonaro fez fortuna antes de ser empresário, diz jornal

Segundo informações cartoriais, da Justiça Eleitoral e da Junta Comercial do Rio de Janeiro, o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) construiu seu patrimônio antes de se declarar empresário. Informa nesta terça-feira (22) o jornal Folha de São Paulo.

LEIA TAMBÉM:
“Bandeira do Brasil não é para enxugar a cara de malandro”, diz Requião

De acordo com o jornal, o senador eleito é sócio de uma franquia da Kopenhagen desde 2015 no Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

A folha apurou que esse tipo de franquia demora de dois a três anos para dar retorno do investimento aplicado. Ou seja, no caso de Flávio, só começaria a ocorrer em 2017 ou 2018.

O jornal destaca que que Flávio Bolsonaro fez pelo menos 20 transações imobiliárias em 14 anos, entre compras, vendas e permutas. A maior parte ocorreu antes de 2015.

Em entrevista à TV Record no domingo (20), o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que tentam de “forma baixa” insinuar que a origem de seu dinheiro tem a ver com ex-assessores de seu gabinete.

“Não tem. Explico mais uma vez. Sou empresário, o que ganho na minha empresa é muito mais do que como deputado”, jurou na ocasião.

Comentários encerrados.