‘Filhotes da ditadura’, MBL quer enquadrar Gleisi na Lei de Segurança Nacional

O MBL entrou com representação na Procuradoria-Geral da República contra a presidente do PT, Gleisi Hoffmann. Eles querem enquadrar Gleisi na Lei de Segurança Nacional por ter participado da posse de Nicolás Maduro.

Segundo Rubinho Nunes, advogado e coordenador do MB, ela teria infringido o Artigo 8 da Lei de Segurança Nacional, que afirma que é crime “entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil”. 

“A postura da Gleisi como presidente do PT e seu alinhamento com o Nicolás Maduro, bem como as críticas ao Grupo de Lima, ao qual o Brasil é signatário, acentuaram a hostilidade do ditador venezuelano ao governo brasileiro”, disse Rubinho.

Ou seja, para eles quem pensar diferente tem que ir em cana. Igual na ditadura.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Comentários encerrados.