Evo Morales irá entregar Cesare Battisti, acredita Bolsonaro

Publicado em 13 janeiro, 2019
Compartilhe agora!

O governo de Jair Bolsonaro (PSL) acredita piamente que o presidente da Bolívia, Evo Morales, irá entregar à Polícia Federal do Brasil o ativista italiano Cesare Battisti que foi preso na noite de sábado (12) em Santa Cruz de La Sierra, em território boliviano.

Morales foi um dos poucos presidentes remanescentes da era Lula que esteve na posse de Bolsonaro, no último dia 1º de janeiro. O boliviano estaria “namorando” seu homólogo brasileiro por “questões pragmáticas” e por sobrevivência política.

LEIA TAMBÉM
Em novo vídeo, Queiroz reclama da divulgação da ‘dancinha no Einstein’

O assessor especial da Presidência da República para assuntos internacionais, Filipe Martins, foi a principal autoridade brasileira a confirmar a prisão de Battisti e declarar que Evo Morales irá entregá-lo a Bolsonaro.

“O terrorista italiano Cesare Battisti foi preso na Bolívia esta noite e em breve será trazido para o Brasil, de onde provavelmente será levado até a Itália para que ele possa cumprir pena perpétua, de acordo com a decisão da justiça italiana”, escreveu no Twitter.

Agora a pergunta que não quer calar: por que Evo iria entregar Cesare Battisti para o governo fascista de Bolsonaro se ele mesmo [Morales] poderia fazê-lo diretamente para a Itália?

Compartilhe agora!