Delegação do Brasil “dá o cano” na imprensa no Fórum em Davos

O presidente Bolsonaro, o chanceler Araújo e os ministros Moro e Guedes não aparecerem para o pronunciamento que fariam à imprensa nesta quarta-feira (23), em Davos, Suíça.

O evento estava marcado para 13h (horário de Brasília). A sala estava pronta. Na mesa, placas com os nomes dos quatro.

A delegação teria dado a desculpa de que Bolsonaro precisa descansar para a cirurgia que fará na semana que vem.

Com informações do G1.

Comentários encerrados.