Centrais sindicais planejam ações contra a ‘reforma da morte’ da Previdência

Publicado em 15 janeiro, 2019
Compartilhe agora!


As centrais sindicais _ CUT, Força Sindical, Conlutas, Intersindical, NCST, CTB, CSB, CGTB e sindicatos de diversas categorias – estiveram reunidos nesta terça-feira (15), na sede do Dieese, em São Paulo, para traçar ações contra a “reforma” da Previdência do governo bolsonarista.

Em documento as centrais sindicais decidiram entre outras ações a Realização da “Plenária Unitária das Centrais em defesa da Previdência e contra o fim da aposentadoria”, marcada para o dia 20 fevereiro.

“Reafirmamos nossa posição contrária a qualquer proposta de reforma que fragilize, desmonte ou reduza o papel da Previdência Social Pública”, diz o texto assinado pelos presidentes das centrais sindicais.

As entidades sindicais orientaram a convocação de plenárias estaduais e assembleias nas categorias para discutir formas de luta e de mobilizações, inclusive não está descartada a preparação de uma greve geral contra o nefasto projeto do governo da extrema-direita.

Confira a íntegra da nota das centrais sindicais:

Centrais orientam luta em 2019

Reunidas nesta terça (15), as centrais sindicais – CSB, CTB, CUT, Força Sindical, Nova Central, CSP/Conlutas, Intersindical e CGTB – reafirmaram sua posição contrária a qualquer proposta de reforma que fragilize, desmonte ou reduza o papel da Previdência Social Pública.

Centrais Sindicais Brasileiras decidem:

– Realização de “Plenária Unitária das Centrais em defesa da Previdência e contra o fim da aposentadoria” no dia 20 fevereiro;

– Orientar a realização de plenárias estaduais e assembleias de trabalhadores para construir a mobilização, decidirem formas de luta, greves e paralisações, para enfrentar as propostas do governo e alertar os trabalhadores sobre a nefasta proposta de reforma da Previdência e ataques à aposentadoria;

São Paulo, 15 de janeiro de 2019

Vagner Freitas, Presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT)

Miguel Torres, Presidente da Força Sindical

Adilson Araújo, Presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)

José Avelino (Chinelo), Presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB)

José Calixto Ramos, Presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST)

Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical

Atnagoras Lopes, da Secretaria Executiva Nacional da CSP-CONLUTAS

Ubiraci Dantas, Presidente da CGTB

Compartilhe agora!