Trump dá os canos em Bolsonaro

Foto do Grafite do artista brasileiro Yuri Sousa, conhecido como Bad Boy Preto.

O presidente eleito Jair Bolsonaro não terá seu ídolo Donald Trump na posse dia 1º de janeiro.

Para o mundo político, fica a impressão que o capitão reformado do Exército tem a “síndrome vira-lata” por endeusar o colega norte-americano e não receber a atenção devida.

LEIA TAMBÉM
Maduro se diz preparado para a guerra contra Bolsonaro; assista ao vídeo

Apesar do barulho e do “serviço” pró-USA na América Latina, vetando Cuba e Venezuela, Trump não está nem aí com Bolsonaro. Nem o vice.

O presidente dos Estados Unidos vai mandar o secretário de Estado, Michael R. Pompeo, para a posse de Bolsonaro.

Moral da história: Trump é um cara ingrato e Bolsonaro vai precisar de terapia para trabalhar a autoestima.

Comentários encerrados.