‘Sistema Bolsonaro de Televisão’ bomba no Twitter

A farsa da entrevista do motorista Fabrício Queiroz no SBT, nesta quarta (26), rendeu o apelido à emissora de ‘Sistema Bolsonaro de Televisão’. Este é um dos tópicos mais discutidos desta quinta (27) no Twitter.

O SBT partiu para o mais desbragado puxa-saquismo, após a eleição, ao resgatar o slogan da ditadura ‘Brasil, ame-o ou deixe-o’ para agradar os militares, mais precisamente o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM
Datafolha reprova Bolsonaro: 66% contra submissão do Brasil aos EUA

Na noite de ontem, em retribuição, a emissora de Silvio Santos foi a escolhida para dar o furo do ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) — papel que sempre era delegado à Globo desde a ditadura militar, o que confirma a decadência da TV dos Marinho.

Quanto ao conteúdo das explicações de Queiroz para a movimentação atípica de R$ 1,2 milhão, coitado, não convenceu. A emenda saiu pior que o soneto, segundo todos os analistas políticos do país.

Comentários encerrados.