Resumo do dia: Lula não foi solto e Queiroz não apareceu no depoimento

Dois fatos marcaram esta quarta-feira, dia 19, início do recesso no judiciário: 1- Lula não foi solto e 2- Fabrício Queiroz não apareceu para explicar a movimentação atípica de R$ 1,2 milhão.

Agora à noite, o presidente do STF Dias Toffoli cassou a liminar do ministro Marco Aurélio Mello que determinava a soltura dos presos condenados em segunda instância. O mais ilustre deles era o ex-presidente Lula.

LEIA TAMBÉM
Juíza descumpre decisão do ministro Marco Aurélio Mello e não solta Lula

Quanto ao motorista do deputado e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o rapaz pode deixar o “amigo secreta” sem presente de Natal. Queiroz sumiu.

Moral da história: o mundo é dos espertos.

Comentários encerrados.