Recado para Bolsonaro: ‘Lula está preso, babaca’

O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) num bate-boca na campanha disse a petistas que ‘Lula está preso, babaca’. Após dois meses, a frase poderia ser remoçada e fazer sentido também para o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e seus bolsominions.

O irmão do ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) poderia atualizá-la para mais ou menos assim: ‘Lula mantido preso é uma assombração para Bolsonaro, babaca.’

LEIA TAMBÉM
Lula é a principal oposição ao governo Bolsonaro, afirma Gleisi

Bolsonaro, generais, STF, mídia, banqueiros, et caterva, desde a negação de liberdade ao ex-presidente enfrentam uma entidade potencializada, um mito de verdade, um mártir, o espectro do maior líder de massas da América Latina.

Lula preso é a principal oposição ao governo que se instalará em Brasília a partir de 1º de janeiro de 2019. Engana-se, portanto, quem acredita que apenas haverá vozes oposicionistas no Congresso Nacional.

“Se tem alguém disposto a fazer oposição nesse país sou eu”, foi o recado de Lula nesta quinta (20).

O ex-presidente Lula também deixou claro como agirá desde o cárcere na Polícia Federal de Curitiba, onde, segundo ele, é mantido refém.

“Eu não estou preso, eu sou refém. Quem não entendeu isso ainda não entendeu o que está acontecendo comigo.”

Resumo da ópera: Lula sequestrado pode fazer estrago maior na oposição a Bolsonaro que solto, desde que o PT saiba transformar a injusta prisão em força motriz.

Comentários encerrados.