Por Esmael Morais

Queiroz irá depor após posse de Bolsonaro, diz revista

Publicado em 24/12/2018


O amigo da família e ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL), Fabrício Queiroz, irá depor ao Ministério Público só depois da posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Queiroz foi citado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) em relatório por movimentações suspeitas de R$ 1,2 milhão.

Segundo a revista Veja, Queiroz busca adiar o depoimento em busca de proteção. Ele já faltou duas vezes em depoimentos que deveria prestar ao Ministério Público do Rio de Janeiro — alegando motivos de saúde para justificar sua ausência.

A revista Veja diz que teve acesso à informação junto aos “bolsões sinceros” de círculo próximo do futuro presidente.