Papa Francisco defende ‘os direitos humanos no centro das políticas’

Publicado em 10 dezembro, 2018
Compartilhe agora!


No Dia Internacional dos Direitos Humanos, o Papa Francisco fez um apelo direcionado “a todos os que têm responsabilidade institucional” para que “coloquem os direitos humanos no centro das políticas”. A mensagem do sumo pontífice foi enviada à conferência internacional, que acontece nesta segunda-feira (10) em Roma, e onde vão ser celebrados os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e o 25.º aniversário da Declaração e Programa de Ação de Viena.

“Gostaria de fazer um forte apelo a todos os que têm responsabilidades institucionais, para que coloquem os direitos humanos no centro de todas as políticas, incluindo os de cooperação para o desenvolvimento, mesmo que isso signifique ir contra a corrente”, declarou o Papa.

O líder da Igreja católica identificou “numerosas contradições” que diariamente põe em causa a “igual dignidade para todos os seres humanos”. O Papa reforçou ainda que há “numerosas formas de injustiça nutridas por visões antropológicas limitadas por um modelo econômico baseado no lucro, que não hesita em explorar, descartar ou matar um homem”, principalmente se “uma parte da Humanidade viver na opulência, enquanto a outra parte vê negada a sua dignidade”.

Para além dos responsáveis institucionais, o Papa apelou a todos que continuem a lutar contra estas violações de forma a reforçar os direitos humanos.

*Com informações de Agências

Compartilhe agora!