Por Esmael Morais

Em vídeo para as redes sociais, Bolsonaro fala muito e diz quase nada; assista

Publicado em 13/12/2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro publicou um vídeo nas redes sociais na noite desta quarta-feira (12). Segundo ele próprio, para “atualização sobre o intenso trabalho dos últimos dias”.

Na gravação de quase 16 minutos, Bolsonaro ataca a legislação ambiental e o trabalho do Ibama, falando em multas abusivas para casos “simples”.

O futuro presidente também atacou o pacto mundial para a imigração. Para isso, usou o argumento o Brasil “não pode aceitar todo tipo de gente”.

Ele voltou a questionar as reservas indígenas como um atraso para o progresso, dizendo que “muita gente quer que os índios continuem vivendo na idade da pedra”.

Nos últimos segundos do vídeo, ele citou as denúncias a partir do relatório do Coaf. Disse que não era investigado, que seu filho também não era investigado e que nos próximos dias o ex-assessor Fabrício Queiroz deve ser chamado a prestar esclarecimentos.

Confira a gravação e tire as próprias conclusões: