Beto Richa pode assumir supersecretaria no governo Ratinho Junior

São fortes os rumores de que o ex-governador Beto Richa (PSDB) será convocado para uma supersecretaria na gestão Ratinho Junior (PSD), que assumirá em 1º de janeiro de 2019.

LEIA TAMBÉM
‘Barraco’ no WhatsApp entre Joice Hasselmann e Major Olímpio sobre a liderança do PSL na Câmara

Richa foi derrotado na disputa pelo Senado após ficar três dias preso durante a campanha.

Ratinho ocupou a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDU) no segundo mandato do tucano. A partir do cargo, o filho do apresentador do SBT se projetou para os 399 municípios paranaenses como gestor/executivo.

O emprego para Richa seria uma retribuição, portanto.

Quando foi eleito pela primeira vez ao governo do Paraná, em 2010, Richa não esqueceu de chamar para o primeiro escalão o ex-prefeito de Curitiba Cássio Taniguchi (DEM) que em público era tido como seu “desafeto”. No privado, entretanto, eles tramaram juntos para chegar ao Palácio Iguaçu.

No caso de Ratinho e Richa não há desavença. Eles têm uma relação de pele, são amigos de fé, irmãos e camaradas.

Estranho seria se Ratinho não convidasse Richa, como fez o presidente eleito Jair Bolsonaro com o senador Magno Malta.

Comentários encerrados.