Por Esmael Morais

STF suspende votação do indulto de Natal proposto por Temer; placar de 1 a 1

Publicado em 28/11/2018

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a sessão desta quarta (28) após a pronúncia de dois votos no julgamento do indulto de Natal. O placar está em 1 a 1 e a votação será retomada nesta quinta (29).

LEIA TAMBÉM
Palocci é premiado por dedurar Lula e Dilma e vai para casa

O ministro Luís Roberto Barroso, relator da matéria, votou para excluir os crimes de corrupção do decreto presidencial de 2017 que concede indulto natalino. Ele também veda a concessão aos presos que tenham cumprido menos de 1/3 da pena ou tenham condenações superiores a 8 anos.

Já ministro Alexandre de Moraes votou pela manutenção integral do decreto que concede o benefício.

A curiosidade deste julgamento de hoje ficou estava fora do plenário, mais precisamente nas redes sociais. Os robôs dos bolsominions promoveram a hashtag #indultonão e o procurador Deltan Dallagnol se esforçou para enquadrar a corte para que mantenha proibido o indulto de Michel Temer — único acerto em 2 anos e meio de golpe de Estado.