Requião vai pra Coreia do Norte; Bolsonaristas irão pra China

O senador Roberto Requião (MDB-PR) ruma neste momento para a Coreia do Norte numa comitiva do Senado, a convite do governo de Kim Jong-un. Já alguns bolsonaristas de coturno alto se preparam para ir ao país de Xi Jinping – a China.

LEIA TAMBÉM
Requião poderá ser reconduzido em abril à presidência do MDB do Paraná

A despeito da atabalhoada e confusa política externa que se desenha, que ora briga com a pequenina Cuba, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) poderá se alinhar aos regimes comunistas a exemplo de seu guru norte-americano Donald Trump.

Outro indicativo de que o Coiso está se aproximando das potências vermelhas é o convite do Partido Comunista Chinês para que o PSL, partido do capitão, envie dez militantes para um curso político de intercâmbio.

Entre os possíveis indicados pelo PSL para ir pra China estão: Alexandre Frota (PSL-SP), Fernando Francischini (PSL-PR), Joice Hasselmann (PSL-SP), Janaina Paschoal (PSL-SP), Aline Sleutjes (PSL-PR), Ana Caroline Campagnolo (PSL-PR), Carla Zambelli (PSL-SP), Delegada Sheila (PSL-MG), Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e o príncipe Luiz Philippe O. Bragança (PSL-SP).

A chefia da missão será do futuro ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo, até segunda ordem.

Comentários encerrados.