PT vai obstruir votação do projeto “Escola Sem Partido”

A bancada do PT na Câmara do Deputados anunciou que vai utilizar todos os meios regimentais para barrar a votação do “Escola Sem Partido’” prevista para acontecer nesta terça-feira (13) na Comissão que analisa o projeto.

LEIA TAMBÉM:
Bancada ruralista indica Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura

Os parlamentares do partido lembraram que além de criticado por professores, estudantes e entidades da sociedade civil que defendem a democracia nas escolas o projeto também é considerado inconstitucional.

De acordo com os petistas, por conta da mobilização da oposição e de entidades contrárias ao projeto a votação foi adiada nas duas últimas reuniões da Comissão.

Nesta terça a bancada promete utilizar o chamado “kit obstrução”, que inclui a apresentação e votação de sucessivos requerimentos para verificação de quórum, de adiamento e até de retirada da matéria da pauta de votação.

A proposta está na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF) para ser julgado no próximo dia 28 de novembro.

Os deputados do PT esperam que o STF demonstre a mesma coerência de quando assegurou a livre manifestação do pensamento e das ideias nas universidades federais, em julgamento no último dia 31 de outubro.

A reunião para análise do projeto “Escola Sem Partido” está marcada para as 9h30, no plenário 2 da Câmara.

Comentários encerrados.