PF investiga suspeitas de obstrução de agentes do Estado no caso Marielle

A Polícia Federal instaurou inquérito para investigar indícios de fraude na investigação da Polícia Civil do Rio de Janeiro sobre o brutal assassinato da vereadora Marielle Franco(PSOL). O anúncio foi feito nesta quinta-feira(1) pelo ministro Raul Jungmann, depois de pedido feito pela Procuradoria Geral da República (PGR).

Segundo testemunhas há indícios da existência de uma organização criminosa formada por agentes do Estado que opera para sabotar as investigações, impedindo a elucidação do caso que se arrasta por mais de oito meses.

A família de Marielle nesta semana apelou para o presidente francês Emmanuel Macron no sentido de aumentar a pressão sobre as autoridades policiais brasileiras.

Comentários encerrados.