PCdoB negocia fusão com PPL para vencer cláusula de barreira


O Partido Comunista do Brasil(PCdoB) negocia incorporar o Partido da Pátria Livre (PPL), ex-MR8, para superar a cláusula da barreira e conseguir acesso ao fundo partidário e a propaganda política na TV, segundo informa a coluna Expresso (Epoca), de Murilo Ramos.

O partido não mudaria de nome e chegaria a dez deputados na Câmara em Brasília: nove próprios e um do PPL. De acordo com a cláusula de barreira, só terá direito ao fundo e ao tempo de propaganda a partir de 2019 o partido que tiver recebido ao menos 1,5% dos votos válidos nas eleições de 2018 para a Câmara de Deputados, distribuídos em pelo menos um terço dos estados (nove), com um mínimo de 1% dos votos válidos em cada um deles.

A legenda vermelha não cumpriu os requisitos exigidos pela legislação eleitoral em vigor e busca a fusão para garantir o pleno funcionamento político e institucional.

Comentários encerrados.