Por Esmael Morais

Palocci deixa a prisão em Curitiba

Publicado em 29/11/2018


O ex-ministro Antonio Palocci deixou na tarde desta quinta-feira (29) a prisão, na sede da Polícia Federal em Curitiba. Premiado depois apresentar falsas acusações contra o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff, o ex-ministro passará a desfrutar de regime prisional semiaberto domiciliar, sob monitoramento e uso de tornozeleira eletrônica.

Segundo especialistas da área jurídica, a delação premiada tem funcionado como um mecanismo de barganha, intimidação e criminalização seletiva no marcos da operação Lava Jato.

Às 10h55 o sistema eletrônico processual da 12.ª Vara da Justiça Federal em Curitiba, responsável pela execução provisória da pena de Palocci, registrou o recebimento da ata da sessão de julgamento de ontem (28) do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) habilitando a soltura.