O pecado capital de Sérgio Moro, segundo Gleisi Hoffmann

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse que Sérgio Moro lembra o filme ‘Advogado do Diabo’ e de seu pecado favorito — a Soberba.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro terá supersalário de R$ 60 mil, mas defende corte de 50% para servidores públicos

“Toda vez que vejo entrevista de Sérgio Moro lembro do filme o Advogado do Diabo e de seu pecado favorito. Nesta última, chegou a ser comovente seu esforço pra dizer que não é político, categoria que ajudou a desacreditar. Ministro é cargo político sim. Se fosse técnico haveria concurso”, escreveu neste domingo (18) a dirigente petista.

De acordo com a Igreja católica, dentre os sete pecados capitais classificados no século XIII a soberba — o mais importante deles — é relacionada a orgulho excessivo, arrogância e vaidade.

A Soberba consiste em ser superior a todos, isso fez com que Lúcifer se sentisse mais alto que o próprio Deus.

Além da Soberba, os demais pecados capitais são Avareza, Luxúria, Inveja, Gula, Ira e Preguiça.

Comentários encerrados.