Mudaram o nome do Tenor Jean William para não desagradar Bolsonaro

A paranoia com a intolerância está chegando aos limites do absurdo, ao ponto de um cantor ter seu nome artístico alterado para não desagradar o “coiso”.

Segundo a colunista Mônica Bergamo da Folha de S. Paulo, Jean William foi apresentado como Jean Silva para evitar confusão com o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), desafeto do presidente eleito.

Jean William cantou o hino nacional na cerimônia dos 30 anos da Constituição, na terça (6), no Congresso Nacional. O evento teve a presença de Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro foi ao velório da Constituição, diz Requião

O cantor diz que não sabe por que não foi anunciado pelo nome artístico. “Não recebi nenhuma informação, não sei dizer”, afirma.

Muitos artistas utilizam nomes diferenciados para facilitar a divulgação de seu trabalho. Da mesmo forma, os políticos usam nomes que ajudam a identificação.

Mas o cerimonial do evento preferiu desrespeitar o artista para não desagradar o “eleito”.

Jean William tem 32 anos e uma carreira internacional reconhecida. Ele já se apresentou nos mais importantes teatros do planeta, como no Metropolitan Museum, em Nova Iorque.

Comentários encerrados.