Marcio Pochmann: Gasto com rolagem da dívida em 2019 será 3 vezes o da previdência

Segundo o economista Marcio Pochmann o orçamento para 2019 prevê o “gasto” de 8,6% do PIB com previdência social. Mas a rolagem, amortização e juros da dívida pública consumirão 25,3% do PIB. Ou seja, três vezes o valor da previdência.

Levando-se em consideração os benefícios em distribuição de renda, e todo o valor que o sistema arrecada, o investimento na previdência social traz ótimos retornos para o país.

Mas os neoliberais insistem que há um rombo que deve ser saneado. Isso às custas dos trabalhadores da cidade e do campo, que vão se aposentar cada vez mais tarde e receber menos.

As categorias privilegiadas, como os militares, juízes e outros, seguirão com seus proventos garantidos até o fim da vida. Sem falar nas pensões.

LEIA TAMBÉM
Centrais preparam mobilização contra reforma da Previdência do ‘consórcio Bolsotemer’

Veja o que diz Pochmann*:

Marcio Pochmann é economista, pesquisador e professor da Unicamp. Presidiu o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), de 2007 a 2012.

Comentários encerrados.