Por Esmael Morais

“Mais um abuso do MP partidarizado contra Lula”, afirma nota do PT

Publicado em 26/11/2018


Em nota assinado pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, o Partido do Trabalhadores denunciou mais um ataque do Ministério Público Federal de São Paulo contra o ex-presidente Lula. A nova denúncia do MPF foi apresentada nesta segunda-feira (26). O partido classificou a denúncia como “peça de ficção e afirma que seus autores deveriam responder por abuso de autoridade”.

Leia a íntegra da nota:

A denúncia mentirosa apresentada hoje (26/11) pelo MP Federal de São Paulo contra o presidente Lula é uma vergonha para as instituições judiciais brasileiras. É uma peça de ficção, que sequer descreve o crime levianamente imputado a Lula.

No estado de direito, seus autores deveriam responder por denunciação caluniosa e abuso de autoridade. Relacionam fatos de 2007 a uma doação legal e transparente de 2016, quando Lula já tinha se tornado um perseguido político.

Querem tratar como crime uma relação institucional entre agentes privados. Os setores descaradamente partidarizados do MP e do sistema judicial são insaciáveis na perseguição a Lula e, dessa forma, desmoralizam as instituições que representam. O PT continuará denunciando, por todos os meios, esta organização fora da lei, a cada novo abuso que cometerem.

Gleisi Hoffmann, presidenta Nacional do PT