Mais Médicos com menos de 3% dos selecionados nos locais de trabalho

Publicado em 29 novembro, 2018
Compartilhe agora!


Menos de 3% dos mais de oitos mil profissionais selecionados para o Programa Mais Médicos começaram efetivamente a trabalhar, são 230 médicos já “homologados” que se apresentaram nas cidades ou fizeram contatos com as prefeituras para acertar as condições de trabalho, segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado nesta quinta-feira (29).

O Ministério da Saúde vai realizar um mutirão de ligações telefônicas para evitar desistências em massa. O objetivo é pedir que os médicos antecipem a ida ao município ou que avisem da desistência. O prazo final estipulado para início do trabalho no Mais Médicos é no dia 14 de dezembro.

O quadro está sendo agravado pela saída de médicos integrantes de equipes do Programa Saúde da Família (PSF) da rede municipal básica para o Mais Médicos, atraídos por vantagens salariais, o que deixará os postos de saúde sem atendimento. O número de profissionais migrando do PSF para o Mais Médicos representa 34% dos 8,3 mil médicos já selecionados, segundo informou o ministério.

Compartilhe agora!