G20: Buenos Aires ‘tremeu e parou’ nesta sexta-feira

Publicado em 30 novembro, 2018
Compartilhe agora!

O início da reunião de cúpula do G20, encontro dos chefes de estado das principais economias do mundo nesta sexta-feira (30), e os protestos populares deixaram convulsionada e caótica a capital argentina, que teve até um tremor de terra de baixa magnitude, 3,8 na Escala de Richter, na manhã de hoje. A região central de Buenos Aires, aeroportos, trens e ônibus (parcialmente) estão paralisados. O governo de Macri decretou feriado na tentativa de esvaziar as manifestações.

Organizações sindicais e populares convocaram para início da tarde uma marcha de protesto no cruzamento das avenidas San Juan com 9 de Julho, no coração da capital portenha. O presidente Macri ordenou a montagem de um aparato repressivo, que incluiu a blindagem de diversos bairros e a mobilização de um efetivo de vinte mil policiais.

Os atos de protestos demandam o fim dos ajustes neoliberais, das guerras de agressão, da perseguição aos imigrantes na Europa e nos Estados Unidos e o Fora Macri e o FMI.

Compartilhe agora!