FHC critica viés americanófilo da diplomacia de Bolsonaro, quem diria…

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) resolveram lavar roupa suja pelo Twitter. Os dois trocam há dias cotoveladas pela rede social.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro projeta dólar a R$ 5

Ponderado, FHC vinha criticando Bolsonaro por ter anunciado que abandonaria a China e o Mercosul, sobretudo a Argentina, para privilegiar a relação comercial com os Estados Unidos.

A despeito de os chineses serem atualmente os maiores parceiros comerciais dos brasileiros, o presidente eleito ironizou FHC postando uma foto — sem legenda — em que o tucano aparece deitado numa poltrona lendo livro sobre o ex-primeiro-ministro Zhao Ziyang, deposto e preso pelo regime de Pequim.

O novo “embaixador” de Bolsonaro em Brasília, Luciano Hang, dono das Lojas Havan, fechou com chave de ouro a polêmica: “FHC enganou a mim e a todos os Brasileiros. É um comunista.”

Os comunistas, por sua vez, devolvem FHC para Hang, Bolsonaro e a velha mídia: ‘quem pariu Mateus que o embale!’

Comentários encerrados.