Por Esmael Morais

De olho no Ministério da Educação, Alexandre Frota participa de sessão que vota o “Escola sem Partido”

Publicado em 20/11/2018

De olho no Ministério da Educação, o ex-ator pornô e agora deputado eleito por São Paulo, Alexandre Frota (PSL), acompanha na tarde desta terça-feira (20) a sessão da Comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o projeto de lei conhecido como “Escola sem Partido”.

LEIA TAMBÉM:
Votação de ‘escola sem partido’ é adiada após pressão de movimentos sociais

Frota disputa com Viviane Senna, irmã de Ayrton Senna, a indicação para assumir o Ministério da Educação no governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Quanto ao projeto “Escola sem Partido”, a Comissão tenta ler e votar ainda hoje o substitutivo apresentado pelo deputado Flavinho (PSC-SP).

Caso o substitutivo seja aprovado na comissão e não haja pedido para que seja analisado em plenário, o projeto seguirá diretamente para o Senado.

No último dia 13, os parlamentares se reuniram para analisar o texto, mas deputados da oposição apresentaram diversas questões de ordem e conseguiram adiar a discussão.

O projeto de lei tem como objetivo combater a “doutrinação ideológica” nas escolas, proíbe o professor de usar sua posição para cooptar alunos para qualquer corrente política, ideológica ou partidária, bem como incitar os estudantes a participar de manifestações.