Centrais sindicais convocam dia nacional de luta contra ‘reforma’ da Previdência


As centrais sindicais marcaram para o dia 22 de novembro um dia nacional de luta contra a “reforma’ da Previdência, que vem sendo elaborada pela equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O objetivo das entidades sindicais é alertar a população sobre as mudanças nas regras de aposentadoria que são prejudiciais aos trabalhadores.

“Não dá para fazer uma reforma às pressas, de forma estabanada e autoritária, sem discutir as alterações com a sociedade”, disse o secretário-geral da CUT, Sérgio Nobre.

Bolsonaro tem afirmado que uma das prioridades de seu governo é a reforma da Previdência e que gostaria de aprovar uma parte dela em 2018, com ajuda da atual base parlamentar do governo golpista de Temer.

A mobilização será o primeiro protesto trabalhista contra Jair Bolsonaro.

Comentários encerrados.