Bolsonaro vai transformar Brasil no quintal dos Estados Unidos

Quem tinha dúvidas de que Jair Bolsonaro, assim que assumisse, transformaria o Brasil em quintal dos EUA eis a prova concreta: o assessor de Segurança Nacional de Donald Trump, John Bolton, disse que se encontrará ainda este mês com o ‘Coiso’ no Rio.

LEIA TAMBÉM
Haddad anuncia ação contra o WhatsApp nos EUA

Pelo Twitter, Bolton escreveu sobre a ansiedade dos Estados Unidos com o encontro da quinta-feira que vem, dia 29 de novembro.

“Estamos ansiosos para ver o próximo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no Rio, em 29 de novembro. Compartilhamos muitos interesses bilaterais e trabalharemos de perto para expandir a liberdade e a prosperidade no Hemisfério Ocidental”, afirmou o assessor de Trump.

A relação de amor entre Bolsonaro e Trump, relatado pela mídia norte-americana, foi externado pelo brasileiro também em um tuite após sua eleição no mês passado quando revelou que pretendia “trabalhar de perto em questões comerciais, militares e tudo mais!” com o colega estadunidense.

Os Estados Unidos têm interesse em áreas estratégicas como petróleo, Amazônia, água, forças armadas, enfim, na influência na América Latina por meio de um preposto na região chamado Brasil.

Bolsonaro macaqueia retórica contra a China ou sobre a transferência da embaixada de Tel Aviv para Jerusalém, em Israel, somente para agradar o moço do Norte.

Comentários encerrados.