Bolsonaro não representa os militares no poder, diz comandante do Exército

Publicado em 11 novembro, 2018
Compartilhe agora!

O comandante do Exército general Eduardo Villas Bôas afirma em entrevista à Folha que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), não representa os militares no poder e admite que há risco de politização nos quartéis.

LEIA TAMBÉM
Aldo afirma que judiciário é ‘ameaça à democracia’ e defende as Forças Armadas

“A imagem dele como militar vem de fora. Ele é muito mais um político. Estamos tratando com muito cuidado essa interpretação de que a eleição dele representa uma volta dos militares ao poder. Absolutamente não é”, afirmou Villas Bôas em entrevista ao jornalão paulistano.

O comandante disse ser a “inevitável associação” entre Exército e o novo governo e sobre a possibilidade de “ideias serem personalizadas” nos quarteis.

Resumo da ópera, segundo as Forças Armadas: Bolsonaro está mais para Eduardo Cunha do que para os quartéis.

Compartilhe agora!