Por Esmael Morais

Bloco de centro-esquerda vai tomando corpo no Congresso

Publicado em 21/11/2018

A construção de um bloco que una os partidos de oposição de centro-esquerda e esquerda avança na Câmara e no Senado.

Parlamentares e dirigentes do PT, PDT, PSB, PROS e PCdoB estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (21) para formatação do bloco.

Os deputados Orlando Silva (PCdoB-SP), André Figueiredo (PDT-CE), Alessandro Molon (PSB-RJ) e Tadeu Alencar (PSB-PE), debateram com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) o cenário e a posição das legendas frente ao governo de Jair Bolsonaro.

Dino afirmou nas redes sociais que a conversa foi “boa” e que houve diálogo positivo sobre “desafios para o campo popular e sobre a formação de bloco parlamentar”.

O líder da bancada pedetista, André Figueiredo, afirmou que o tom entre as lideranças foi de “construção de uma frente de esquerda que faça um novo modelo de oposição”.

“Debatemos a união de partidos do campo democrático por projeto de desenvolvimento e união. A pauta aqui é o Brasil!”, disse.

Nesta quarta-feira haverá uma outra rodada de conversas, desta vez entre as fundações dos partidos. O encontro que acontecerá na sede do PDT, em Brasília, e no próximo dia 29 de novembro também será marcado com um ato político de lançamento da Frente Ampla e Democrática contra o Fascismo.

Juntos, os partidos somam 143 votos na Câmara.

As informações são do Portal Vermelho.