URGENTE: Gilmar Mendes manda soltar irmão do ex-governador Beto Richa

O ministro do STF Gilmar Mendes determinou a soltura de Pepe Richa, irmão do ex-governador Beto Richa (PSDB), que estava preso desde 26 de setembro no âmbito da Operação Integração II, da lava jato, que investiga a máfia do pedágio no Paraná.

De acordo com a decisão de Gilmar, a soltura também beneficia outros 7 presos na 55ª fase da lava jato: Elias Abdo, Ivano Abdo, Evandro Vianna, Claudio Machado, José Julião Terbai, José Camilo Teixeira e Ruy Sergio Giublin.

O ministro acatou a reclamação constitucional sob o argumento de que a lava jato não pode emprestar prova de outra operação (Rádio Patrulha, do Gaeco) que já tinha sido objeto de habeas corpus.

No dia 14 de setembro, depois de três dias na prisão, o próprio Beto Richa, o irmão Pepe e a esposa Fernanda já tinham sido soltos por Gilmar Mendes. Neste episódio, eles tiveram a prisão decretada no âmbito da Operação Rádio Patrulha, que investiga desvio de dinheiro público de obras em estradas rurais.

Ambientalista militante, Gilmar não gosta de ver tucano preso.

Enquanto isso, Lula é mantido preso político há 6 meses.

Comentários encerrados.