URGENTE: Ex-governador de Goiás Marconi Perillo é preso pela Polícia Federal

O ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) foi preso pela Polícia Federal na tarde desta quarta, em Goiânia, quando prestava depoimento.

O tucano é suspeito de receber R$ 12 milhões em propina de empreiteiras para nas eleições de 2010 e 2014.

No dia 11 de setembro, antes do 1º turno, o também ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso sob a acuação de corrupção envolvendo patrulhas rurais.

Perillo foi candidato ao Senado, mas não se elegeu. Ele fez 7,55% dos votos válidos em Goiás.

Já Richa, no Paraná, igualmente saiu frustrado das urnas. Obteve apenas 3,73% dos votos válidos dos paranaenses.

Comentários encerrados.