URGENTE: Bolsonaro não irá aos debates contra Haddad

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) não enfrentará o adversário Fernando Haddad (PT) nos debates televisivos deste 2º turno.

LEIA TAMBÉM
A virada de Haddad no Datafolha

O ex-capitão do Exército alega que seus médicos vetaram sua participação nos seis debates promovidos pelas TVs.

O primeiro debate que estava previsto era o da TV Bandeirantes nesta sexta-feira, dia 12.

Embora os médicos que o atendem digam que o candidato do PSL ainda está “fraco”, Bolsonaro não deixou nas últimas horas de dar entrevistas e exercitar sua verve nas redes sociais contra Haddad.

LEIA TAMBÉM
Ibope registra 1ª pesquisa para presidente da República neste 2º turno

Ao saber que Bolsonaro “amarelou” outra vez, Haddad afirmou esta manhã que está disposto a ir na enfermaria do adversário. “Eu vou até uma enfermaria, na boa, fazer o debate porque nós temos que passar a limpo muita coisa”, afirmou durante entrevistas a jornalistas estrangeiros.

Haddad afirmou ainda que não pretende estressar Bolsonaro nos debates programados. “Ele falou que não quer se estressar, eu não vou estressar ele. Vou falar da forma mais calma possível. Vou falar docemente. Não altero a voz. Nem olho para ele se ele ficar com muito receio. Faço o que ele quiser para ele falar o que ele pensa e debater o país. Com assistência médica, enfermaria, em qualquer ambiente.”

De acordo com Bolsonaro, seus médicos não autorizaram a ida do paciente a debates eleitorais na TV e a eventos de campanha de rua pelo país. Ou seja, a campanha do ex-capitão será feita virtualmente pelo WhatsApp. Segundo o candidato do PT, o adversário foge no contraditório como o diabo foge da cruz.

“Os brasileiros precisam saber a verdade sobre as coisas. Se tem fake news, vamos tratar isso como adultos. Eu não tenho problema em tratar nenhum tema, mas vamos tratar de forma adulta e não fazendo criancice na internet contando com a boa-fé das pessoas. Muita gente acredita no que recebe no WhatsApp. E no WhatsApp você não tem contraditório, no debate você tem”, opinou Fernando Haddad.

Comentários encerrados.