TSE aprova candidatura de Dilma

A ex-presidenta Dilma Rousseff (PT), que sofreu um golpe parlamentar em 2016, teve sua candidatura ao Senado aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dilma lidera as intenções de voto em Minas Gerais com 29% segundo o Ibope.

LEIA TAMBÉM: Ibope: Dilma cresce apesar dos ataques

A questão remonta ao golpe de 2016, pois Dilma sofreu impeachment, mas o Senado preservou seus direitos políticos. Essa decisão foi contestada na justiça por diversos partidos de direita: DEM, PSDB, PPS, PMDB e SD.

Mas para o TSE, o que vale é a decisão do Senado de 2016.

Comentários encerrados.