Tarso Genro vê crescimento do fascismo no país

Publicado em 24 outubro, 2018


Tarso Genro, ex-ministro da Justiça e da Educação nos governos de Lula, ex-governador do Rio Grande do Sul e uma das principais lideranças do Partido dos Trabalhadores, usou o Twitter na manhã desta quarta-feira (24) para denunciar que foi impedido de falar na UFRGS.

“Dei aulas , proferi conferências em Universidades da França, Inglaterra, Portugal, Espanha, Alemanha, Argentina e aqui, mesmo na ditadura. Respeitei sempre os protocolos legais dessas casas de ensino. Hoje, censurado para falar na UFRGS, no RS que governei. Fascismo cresce” disse Genro no Twitter.

.

De fato, estamos testemunhando o crescimento de ideias e ações autoritárias no país que podem nos levar a um imenso retrocesso nos próximos anos.