Por Esmael Morais

Sérgio Moro faz política partidária, acusa o PT

Publicado em 01/10/2018

O PT não tem dúvidas de que o juiz Sérgio Moro, debaixo daquela toga preta, faz política partidária contra a candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República.

LEIA TAMBÉM
Moro faz boca de urna contra Haddad

A presidenta nacional do partido, Gleisi Hoffmann, disse que Moro participa do processo eleitoral fazendo ação política contra o ex-presidente.

“Moro divulga para imprensa parte da delação de Palocci. Não podia deixar de participar do processo eleitoral! A ação política é da sua natureza como juiz. Vai tentar pela enésima vez destruir Lula. Tudo que consegue é a autodestruição”, lamentou a dirigente petista.

“A conduta adotada hoje pelo juiz Sérgio Moro apenas reforça o caráter político dos processos e da condenação injusta imposta ao ex-presidente Lula”, completou o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente.

De acordo com o defensor, Antonio Palocci mentiu mais uma vez, sem apresentar nenhuma prova, sobre Lula para obter generosos benefícios que vão da redução substancial de sua pena – 2/3 com a possibilidade de “perdão judicial” – e da manutenção de parte substancial dos valores encontrados em suas contas bancárias.