PT entrega dossiê para OEA sobre onda de violência e mentiras nas eleições

Publicado em 22 outubro, 2018
Compartilhe agora!


A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e dirigentes nacionais dos partidos que apoiam a candidatura de Fernando Haddad se reuniram na tarde desta segunda-feira (22) com a Comissão de Observadores da OEA – Organização dos Estados Americanos, que estão no País para acompanhar o segundo turno das eleições presidenciais que acontecerão no próximo domingo (28).

“Entregamos um dossiê com as ações impetradas no Tribunal Superior Eleitoral contra a indústria da mentira e sobre os atos de violência ocorridos na campanha eleitoral no Brasil e alertamos sobre a gravidade do discurso de Bolsonaro feito neste domingo (21) contra o nosso candidato Fernando Haddad e os nossos apoiadores”, declarou Gleisi.

Na avaliação da presidenta do PT o que Bolsonaro fez ontem foi incitar a violência. “Dizer que vai prender Haddad se ele não sair do País. Isso é muito grave”, reforçou Gleisi, ao acrescentar que o partido e a coligação estão entrando com várias medidas judiciais, em relação a essa afirmação do candidato adversário. “A fala dele talvez seja comparada somente com a fala de Hitler, antes das eleições alemã e nós sabemos o que aconteceu lá”, completou.