Pânico é grande no comando da campanha de Bolsonaro depois do Datafolha


O comando da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) entrou em pânico nas últimas horas, depois da divulgação nesta noite de quinta-feira(25) dos resultados da pesquisa do Datafolha, que indicam uma virada de Haddad na disputa eleitoral, estreitando a margem para seis pontos. A Haddad tem agora 44% dos votos válidos, enquanto o candidato do PSL caiu para 56%.

São apenas seis pontos de diferença em relação à ultima pesquisa do instituto, feita na semana passada. Bolsonaro perdeu apoio em todas as regiões do país. Haddad ganhou sete pontos na região Norte e quatro pontos no Sul. Aliados de Bolsonaro também despencaram nos estados do São Paulo e Rio de Janeiro, segundo os últimos levantamentos. Também cresceu a rejeição a Bolsonaro, de 41% a 44%, enquanto Haddad oscilou para baixo (44% a 42%).

O comando da campanha decidiu, ainda nesta noite, que o candidato da extrema-direita precisa sair da toca, é “ir para a rua”. Além disso, foi feito um apelo para que nos estados, os parlamentares “foquem na campanha presidencial de Bolsonaro”.

Comentários encerrados.