Requião: “Na luta final pela soberania, só tememos a desonra”