Ministra Rosa Weber é ameaçada por apoiador de Bolsonaro; OAB pede punição


A Presidenta do TSE, ministra Rosa Weber, recebeu um email com tom de ameaça em que é questionada a atuação do Tribunal Superior Eleitoral e a legalidade do processo eleitoral. Apesar dos ministros do TSE terem avaliado que a mensagem era genérica, o caso será conduzido pela diretoria de inteligência da Polícia Federal. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu punição para o indivíduo fez as ameaças.

A mensagem diz que o candidato Jair Bolsonaro já está eleito, e que se o resultado for diferente haverá revolta popular. “A senhora vai ver o povo na rua e os caminhoneiros parando este Brasil até que tenha novas eleições e com voto impresso”.

A OAB divulgou em nota que as ameaças são graves, e por isso o caso deve ser prioridade, assim como a punição de quem o praticou.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários encerrados.