Haddad recebe apoio de movimentos sociais e sindicais em São Paulo


O candidato à Presidência da República Fernando Haddad recebeu o apoio de movimentos sociais e sindicais brasileiro nesta terça-feira (16) em São Paulo. O ato reuniu as Frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo e organizações sindicais que declararam o apoio à chapa Fernando Haddad e Manuela d’Ávila. Participaram da atividades dirigentes do PT, PCdoB e PSol. Guilherme Boulos, que foi candidato a presidente pelo PSOL, participou do evento.

Assim como a maioria dos presentes, Boulos lembrou que é preciso dialogar com o povo para eleger Haddad. “Não podemos recuar diante dos gritos de ódio, não podemos nos deixar levar pela onda de intimidação e violência que Jair Bolsonaro tem tentado impor ao país. Vamos fazer o jogo limpo, olhar no olho de cada trabalhador deste pais para construir uma grande virada, derrotar Bolsonaro e eleger Haddad presidente”, convocou Boulos.

Intensificar a campanha nas ruas também foi a palavra de ordem das centrais sindicais presentes. “Eles querem nos convencer que ganharam as eleições. É mentira. Nós não perdemos para pesquisa porque temos uma militância que reverte qualquer pesquisa nas ruas. O Bolsonaro é o candidato do patrão, do Temer”, afirmou Vagner Freitas, presidente da CUT.

*Com informações das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo
Foto de Roberto Parizotti

Comentários encerrados.