Por Esmael Morais

Haddad propõe ‘pacto ético’ a Bolsonaro contra fake news

Publicado em 08/10/2018

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, propôs hoje (8) um ‘pacto ético’ a Jair Bolsonaro (PSL) contra a disseminação de fake news no 2º turno.

LEIA TAMBÉM
Este homem poderá segurar as fake news de Bolsonaro no 2º turno

O petista disse no primeiro turno houve uma enxurrada de notícias falsas sobre ele e a vice Manuela D’Ávila, principalmente no WhastApp, que não conseguiram se defender em virtude do anonimato.

“A Justiça Eleitoral tem que ser mais rápida para tirar essas ofensas do ar e por isso eu proponho um pacto ético entre as campanhas, uma carta de princípios, contra as fake news”, disse Haddad durante coletiva à imprensa em Curitiba.

Haddad esteve hoje pela manhã com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na carceragem da Polícia Federal de Curitiba, onde é mantido preso político há 6 meses.

Assista ao vídeo: