Haddad pode ter frente com Amoêdo, Marina, Ciro e Alckmin

O presidenciável Fernando Haddad (PT) poderá ter na reta final do segundo turno uma frente ampla e democrática com João Amoêdo (Novo), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB).

Segundo Haddad, a ideia é conter eleitoralmente as forças retrógradas e entreguistas representadas pela candidatura de Jair Bolsonaro (PSL).

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quinta (19) mostrou que o candidato do PT precisa de 9 pontos para alcançar o ex-ministra.

Comentários encerrados.