Por Esmael Morais

Dono da Havan ameaça demitir funcionários que não votarem em Bolsonaro

Publicado em 01/10/2018

O dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, publicou um vídeo ameaçando com demissão os funcionários que não votarem em Jair Bolsonaro (PSL).

Hang afirma que faz pesquisas em suas lojas para saber em quem os trabalhadores pretendem votar.

Segundo o empresário, “vamos virar uma Venezuela se a esquerda ganhar” e promete repensar “o planejamento” da rede nos próximos anos.

“Talvez a Havan não vai abrir mais lojas (sic). E aí se eu não abrir mais lojas ou se nós voltarmos para trás? Você está preparado para sair da Havan? Você está preparado para ganhar a conta da Havan?”

Hang já foi condenado pela Justiça Federal a 13 anos de cadeia e ao pagamento de uma multa de mais de R$ 1 milhão por crimes contra o sistema financeiro nacional e de lavagem de dinheiro. Ele teve o direito de recorrer em liberdade.

Confira abaixo o vídeo: