Cristovam Buarque diz não a Bolsonaro

Publicado em 11 outubro, 2018
Compartilhe agora!

Derrotado ao Senado por ter apoiado o golpe, Cristovam Buarque (PPS-DF) não quer nem ouvir falar em Jair Bolsonaro como presidente do Brasil.

“Não vou, com meu voto, ajudar a abrir as portas do Brasil para o autoritarismo e a intolerância.”

Bolsonaro é cria da velha mídia e foi parido no golpe de Estado de 2016, apoiado por Cristovam, motivo de sua não reeleição.

Agora, a liderança circunstancial do ex-capitão nada mais é do que uma contradição dentre tantas outras existentes no Brasil. Um ponto fora da curva, portanto.

Compartilhe agora!