Bolsonaro tem uma fábrica de fake news, acusa dirigente do PT

A coordenação do candidato Fernando Haddad (PT) à Presidência da República pediu um pronunciamento à Nação da ministra Rosa Weber, presidente do TSE, contra a fábrica de fake news de Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM
URGENTE: HADDAD PEDE A CASSAÇÃO DE BOLSONARO

Segundo o advogado Emídio de Souza, da direção do PT, disse que quando uma notícia falsa é apagada surgem outras no lugar. De acordo com ele, tem gente no estrangeiro envolvido na tentativa de fraude eleitoral.

“Estão colocando em dúvida a lisura das urnas eletrônicas e pessoas estão morrendo por usar camisa vermelha”, protestou ao pedir o pronunciamento do TSE à Nação. “O adversário rejeitou um pacto ético contra as fake news”, lembrou Emídio.

Na propaganda de Haddad, no rádio e na TV, veio à baila o nome do norte-americano Steven Bannon, “acusado de sabotar regimes democráticos pelo mundo” e de “espalhar fake news para espalhar medo e violência para vencer eleições.”

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.