Bolsonaro também usa Facebook para espalhar fake news, diz Folha

Reportagem da Folha de S. Paulo, nesta sexta (19), traz nova denúncia sobre a indústria de notícias falsas na campanha de Jair Bolsonaro (PSL). Segundo a matéria, além do WhatsApp, o aplicativo Facebook também é utilizado para espalhar as fake news.

LEIA TAMBÉM
Reviravolta na eleição presidencial do Brasil, vê imprensa internacional

Os anúncios pagos têm a finalidade de atacar o adversário Fernando Haddad (PT) e elogiar e fazer propaganda ilícita para o ex-militar.

O esquema criminoso consiste no impulsionamento de conteúdo (pagamento) nas redes sociais por terceiros. A lei eleitoral prevê que apenas candidatos, partidos políticos, coligações e seus representantes possam utilizar este recurso.

LEIA TAMBÉM
Vox Populi: diferença entre Bolsonaro e Haddad pode ser menos de 2%

De acordo com a legislação especial, os impulsionamentos devem ser identificados como propaganda eleitoral e não podem conter críticas a outros candidatos. No caso dos posts dos seguidores de Bolsonaro, a regra é caluniar o adversário do PT — inclusive convocando uma manifestação para domingo (21) em favor da candidatura do ex-capitão.

Comentários encerrados.