Bolsonaro será o novo Collor, prevê Lula

Compartilhe agora!

O ex-presidente Lula não aparecerá mais na TV e até pediu para que os petistas deixem de visitá-lo, em Curitiba, até a vitória de Fernando Haddad, mas isto não significa que deixará de atuar como “técnico” na disputa presidencial.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro promete ‘caçar marajás’ da previdência, mas preserva tetas de militares

Lula disse a interlocutor esta semana que uma vitória de Jair Bolsonaro seria uma tragédia política, social e econômica para o país. Segundo avaliação do ex-presidente, o ex-capitão não teria como cumprir as elevadas expectativas criadas e isto o transformaria rapidamente em um novo Collor de Mello.

Collor foi eleito na euforia, em 1989, mas não conseguiu governar. Sofreu impeachment por falta de aliados no Congresso e na sociedade, além de abrir as portas para a corrupção.

Portanto, afirma o experiente Lula, Bolsonaro é um repeteco do que já foi Collor de Mello. Uma tragédia que o Brasil já viu antes.

Compartilhe agora!