Por Esmael Morais

Bolsonaro recebe flores da família Ustra

Publicado em 27/10/2018


O candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, recebeu flores da família do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra na manhã deste sábado (27) no condomínio onde mora, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Ustra, o único brasileiro declarado pela Justiça como torturador, foi chefe do tenebroso DOI-CODI responsável por pelo menos 50 assassinatos e mais de 500 torturas na ditadura militar.

Admirado por Jair Bolsonaro (PSL), o coronel Ustra era um homem de mente doentia, que levava crianças pequenas para ver as mães serem torturadas nuas, cheias de ferimentos e escoriações, vomitadas e urinadas, como forma de pressioná-las a falar.